Adoro correr, mas tenho medo de me lesionar…

Nos últimos 5 anos a corrida se tornou uma das grandes preferências de milhares de pessoas para emagrecer, melhorar e manter sua saúde e qualidade de vida.

Uma prática muito comum são as corridas mais longas aos finais de semana, quando estamos com mais tempo. Por isso os eventos de corrida cresceram assustadoramente, com algumas edições ultrapassando 10 mil inscritos.

E com isso surgem inúmeras dúvidas, tais como:

  • Correr é realmente saudável?

  • Correr envelhece?

  • Vale a pena se arriscar?

  • Como posso fazer com segurança?

  • O que, quanto e como devo fazer durante a semana?

O alongamento e a mobilidade corporal são fundamentais para um bom movimento de corrida!

A corrida isolada no final de semana, assim como qualquer outra atividade isolada, pode não te dar o resultado desejado e ainda pode ser arriscado.

Mas o fato de você correr (mesmo que alternando caminhadas) por 30, 40 minutos ou mais no fim de semana não significa que tenha que fazer o mesmo tempo durante a semana. Se você tem tempo disponível, ok, mas a grande maioria não tem. Então segue algumas dicas:

  • Faça durante a semana ao menos 2 ou até 3 dias de caminhadas ou corridas entre 10 e 20 minutos.

  • Busque se possível fazer treinos curtos e intensos de 8 a 15 minutos, os famosos treinos de HIIT;

  • Faça abdominais, exercícios paravertebrais e outros que ajudem na mobilidade e fortalecimento de todo o corpo.

  • Alongue sempre. Não é uma obrigação fazer sessões de alongamento antes ou depois, mas faça sempre!

  • SE VOCÊ ESTIVER SENTINDO ALGUMA DOR DURANTE E APÓS A CORRIDA (JOELHO, TORNOZELO, COLUNA), NÃO INSISTA! VERIFIQUE IMEDIATAMENTE COM UM MÉDICO SE EXISTE ALGUMA INFLAMAÇÃO OU LESÃO A SER TRATADA!

  • SE VOCÊ SENTIR DOR NO PEITO DURANTE A CORRIDA, DIMINUA O RITMO E, LENTAMENTE, PARE E RESPIRE FUNDO. PROCURE UM MÉDICO PARA AVERIGUAR O MOTIVO DA DOR!

Muitas pessoas NÃO se preocupam com o fortalecimento e a mobilidade do corpo como um todo. Isso é um erro. Na corrida precisamos dos abdominais, dos músculos da coluna, dos ombros e braços, dos glúteos, enfim, de todo o corpo.

A corrida exige o movimento de todo o corpo. E com o passar dos minutos e da distância, aquelas musculaturas e articulações mais fragilizadas podem te causar dores, inflamações e até lesões que te façam parar de correr.

Uma boa corrida se faz com um corpo fortalecido integralmente e não apenas as pernas, como muitos acreditavam tempos atrás!

Dúvidas? Fale com a nossa equipe. São Personal Trainers, coaches e médicos à sua disposição!

contato@focosaudeonline.com

Skype: focosaude

Criador da Foco Saúde, Profissional de Educação Física, gestor de projetos de bem-estar, certificado Responsável Técnico de Academias (CREF 1/RJ), expertise de 8 anos como avaliador físico-postural e personal trainer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *